Blogs

A importância da hidratação para imunidade

Pode não ser visível, mas o nosso corpo está constantemente lutando contra microrganismos como vírus e bactérias. Em épocas de proliferação de muitas doenças, confira a importância de uma boa hidratação no fortalecimento do sistema imune.

Quando se trata de saúde, o sistema imune é fator de grande importância. Pois afinal, considerando que microrganismos como bactérias e vírus são praticamente onipresentes, é a imunidade que te mantém protegido a maior parte do tempo.
 
Ainda falando de saúde, é conhecimento básico (e instintivo) de que a água é muito importante. Sabemos que podemos até passar algumas semanas sem comer, mas não passamos de poucos dias sem beber água. Mas sem levar o caso ao extremo, a água é de extrema importância para a manutenção do organismo e se manter bem hidratado contribui muito para a imunidade.
 
 
A hidratação das células
Num resumo muito breve para leigos e afins, há uma quantidade ideal de água nas células (lembrando que a hidratação exagerada também pode interferir e desregular a taxa) que chamamos de equilíbrio de fluídos. Quando o meio está desidratado, o transporte de nutrientes e oxigênio para as células fica comprometido, assim como suas atividades.
Há uma célula chamada imunoglobulina IgA que é um dos anticorpos mais importantes da imunidade do organismo. Manter a hidratação adequada permite que a essa célula trabalhe devidamente.
 
 
A qualidade da água
Tudo certo, ingerir água é importante para manter o sistema imune mais resistente. Porém, além de se preocupar com a quantidade, já que em excesso, a água pode atrapalhar seu organismo, a qualidade da água é de extrema importância.
Afinal, sabemos que uma água que não é tratada pode conter muitos microrganismos, e quando eles estão em grande número, não há sistema imune que aguente.
Por isso, é importante consumir água de boa qualidade. Por isso é muito importante que você saiba a origem da água. Muitas pessoas tem acesso a água de poços, que muitas vezes são contaminadas, é mais recomendado consumir a água tratada pelo empresa local responsável por isso.
Confiar também só no tratamento da empresa não é recomendável, afinal, no caminho da água até sua casa há uma grande chance de ter algum encanamento de higiene duvidosa.
A única forma de garantir uma água realmente pura, é com um aparelho purificador na sua casa, já que até as garrafas de água que são vendidas no supermercado pode conter bisfenol, uma substância expelida pelo plástico da embalagem que, segundo estudos, podem fazer mal para o organismo.
 
Escolhendo um purificador
Há uma série de purificadores no mercado, para te ajudar a escolher, vamos às principais características a serem levadas em conta:
1 - A retenção de partículas.
Há uma escala que determina o quanto um filtro consegue reter partículas, graduada por letras de F à A, sendo F o grau de menor retenção e A o maior. Um purificador com filtro nível C ou superior é indicado para uma água de qualidade
2 - Redução de cloro livre.
Uma substância muito usada pelas empresas tratadoras de água para eliminar microrganismos da água é o cloro. Porém, sabemos que a ingestão dessa substância é nociva à saúde. Então é importante procurar por um purificador que conta com redução de cloro livre.
3 - Eficiência bactericida.
Por último mas não menos importante, é essencial que o filtro tenha eficiência bactericida aprovada pelos órgãos responsáveis.
 
Em suma, dizem que água é vida, e é verdade, afinal, cerca de 80% do seu corpo é composto pela substância, mas é importante sabermos como a hidratação afeta nosso sistema imune, e se a ingestão de água de qualidade é uma prática que já devia ser parte do seu dia-à-dia comum, em épocas onde temos pandemias acontecendo no planeta, é importante se cuidar de todas formas possíveis
keyboard_arrow_up